Prótese em animais e aves - conheça Dra Maria Angela Panelli

Papagaio com cadeira de rodas
Navegando pelas redes sociais; especificamente o Instagram; me deparo com uma publicação que me chamou muito a atenção. Uma maritaca praticamente sem o bico.  Pensei que seria o fim para este pequeno animal, como ela sobreviveria sem o bico?
Mas a sequencia de fotos era mais impressionante e me mostrava justamente ao contrário do meu chulo pensamento. A ave teve o bico reconstituído com uma prótese de rinoteca e gnatoteca, pela médica veterinária, zootecnista e  especialista em ortopedia de pets e animais silvestres: Dra Maria Angela Panelli Marchió.
Não tive dúvida, já comecei a segui-la e imediatamente a convidei para participar da live Bate Papo Animal pelo Portal Pet News, e para minha surpresa ela aceitou!
Não podemos deixar de conhecer o magnífico trabalho desta profissional  e divulgar cada vez mais profissionais diferenciados que atuam em prol dos animais.
Dra Maria Angela desenvolve um trabalho voluntário juntamente com ONGs e a polícia ambiental localizadas na região de Ribeirão Preto. 
Muitas vezes, várias espécies de animais silvestres, aves, enfim, são trazidos para que ela lhes proporcione uma qualidade de vida e até podemos dizer sobrevivência, pois muitos chegam até suas mãos em estado grave. Mutilados, sem patas ou sem parte do bico. 
Ela nos contou que estes acidentes são causados por atropelamentos ou muitas vezes as aves se chocam contra prédios e acabam se machucando feio.
Questionei se os animais que recebem prótese podem voltar a viver novamente em seu habitat natural, e ela ressaltou que alguns podem perder a prótese. Mas ela garante que metade deles conseguiram voltar para a natureza e viver normalmente.
É muito satisfatório vermos a reabilitação destes animais e principalmente a adaptação, que é realmente muito rápida.
A cada vídeo postado pós-cirúrgico é uma torcida imensa para vermos os animais se restabelecendo, comendo, enfim voltando a viver.
O material empregado é uma resina plástica chamada polimetiltacrilato e é misturado com um pó catalisador o qual depois de seco se torna muito resistente. 
Fiquei impressionada em ver a maritaca comendo e se adaptando muito bem com o novo bico, uma curiosidade o bico desta ave foi moldado in loco, e ela também utiliza alguns pinos metálicos, que proporcionam uma solidez perfeita.
Um trabalho minucioso, até posso dizer que é uma verdadeira obra de arte, pois é moldado sem uso de impressora 3D, e outros artifícios contemporâneos. Dra é uma artista nata.
Quanto a resistência da prótese no bico é  de acordo com a alimentação das aves. 
Este anjo como eu digo, se realiza a cada cirurgia executada e um detalhe muito importante: ela as realiza por amor aos animais. Cada caso é uma grande vitória.
Quando perguntei se valeu, se está valendo e se faria tudo de novo... a querida Dra Maria Angela se emociona, respira fundo e me responde:  "sim, vale cada segundo, e faria tudo novamente"
Parabéns querida amiga, sou fá de carteirinha deste ser humano que veio ao mundo para minimizar a dor, e nos ensinar que os animais precisam ser respeitados, amados. Quem ganha com tudo isso? Todos nós e principalmente os animais!
Vale a pena continuar lutando em prol da natureza.

Sigam @ maria _angela_veterinaria






Maritaca com prótese de rinoteca

Dra Maria Angela e
Baré com uma prótese

  
Ana Bittar
Jornalista MTB: 0084520/SP
Contatos: portalpetnews@gmail.com
Instagram: @portalpetnews














Comentários